Home
Confira as dicas de quem já viajou para Maceió Reviewed by Praias Alagoanas on . Para qualquer viagem ao Nordeste, especialmente no litoral, a recomendação já é óbvia, mas nunca é demais repetir: o protetor solar é o item mais importante da Para qualquer viagem ao Nordeste, especialmente no litoral, a recomendação já é óbvia, mas nunca é demais repetir: o protetor solar é o item mais importante da Rating: 0
Você está aqui:Home » Notícias » Confira as dicas de quem já viajou para Maceió

Confira as dicas de quem já viajou para Maceió

Para qualquer viagem ao Nordeste, especialmente no litoral, a recomendação já é óbvia, mas nunca é demais repetir: o protetor solar é o item mais importante da sua bagagem. Não importa a programação que escolher, tenha um sempre a mão.

A duração dos dias em Maceió é bem diferente da que os sulistas estão acostumados. Para aproveitar bem o passeio, acorde o mais cedo que conseguir. Por volta de 05:30 da manhã, o sol brilha alto e ilumina toda praia. Em compensação, 12 horas depois já está tudo escuro. Após as 18 horas, a dica é aproveitar os bares e barracas na orla para saborear uma tapioca ou um sorvete.

Generosidade é um dos traços mais marcantes do povo alagoano, inclusive quando se trata de por a mesa. As porções médias satisfazem tranquilamente. Peça as grandes só se você estiver realmente com muita fome. O consagrado cafezinho, por exemplo, que geralmente é servido em xícara pequena, em Maceió vem em uma caneca grande e cheia.

Apesar da variedade gastronômica local, vá com calma na comilança. A maioria das receitas leva bastante tempero. Leite de coco, creme de leite e manteiga conferem um sabor marcante. Se você exagerar na medida em um só prato, vai se saciar rapidamente e perder a oportunidade de experimentar outras delícias. O segredo é provar um pouquinho de cada sabor. Em Maceió, sobram opções de restaurantes com boa mesa.

Na medida do possível, procure uma hospedagem entre as praias de Pajuçara e Ponta Verde. A partir delas, você vai estar bem perto da Feirinha e do Pavilhão de artesanatos, e a meio caminho do centro histórico de Jaraguá e do bairro do Pontal da Barra, conhecido como Bairro das Rendeiras. Esta área também tem acesso facilitado para as praias em cidades próximas, como a do Francês, em Marechal Deodoro (25 km), e a do Gunga, em Roteiro (30 km).

Se você estiver de carro e pegar a rodovia AL-101 para conhecer as cidades da região, vá com calma. É importante respeitar os limites de velocidade e redobrar a atenção ao volante.

O bairro do Pontal da Barra é visita obrigatória para os amantes do artesanato. Mas a fama internacional fez subir o preço da renda de filé produzida no local. A Feirinha e o Pavilhão de artesanatos, na orla da praia de Pajuçara, oferecem peças igualmente lindas a preços bem mais em conta. Na hora de comprar as lembrancinhas de viagem, seja no Pontal ou nas feiras, é importante ir com tempo para pesquisar e pechinchar. A correria pode pesar no bolso.

totem-de-maceio-foto-praias-alagoanas

Foto: Praias Alagoanas

Alagoas é bonito demais

Deixe um comentário

© 2017 Praias Alagoanas - Portal de Turismo em Alagoas.

Voltar para o topo